Resenha: Estilhaça-me

Quando resolvi ler Estilhaça-me, confesso que li já fazendo uma prévia de como deveria ser o livro, ao ler realmente, minha prévia não tinha sido totalmente descartada, mas o cenário de distopia no qual a história se passa, esse sim foi uma surpresa. Quando vi de onde era Mafi e os seus costumes, logo pensei, "terá alguma coisa referente a liberdade feminina ou coisas que deixa de fazer por não ser permitido em seu pais", por um lado o livro fala sobre essa falta de liberdade, um autoritarismo opressor, mas o que me encantou realmente, foi a forma que ela abordou essas questões. Mas enfim, vamos ao que interessa, a resenha é claro!

Título original: Shatter-me
Autora: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Páginas: 304

Sinopse: Ninguém sabe por que o toque de Juliette é letal, mas o Restabelecimento tem planos para ela. Planos para usá-la como arma. Mas Juliette tem seus planos. Após uma vida inteira sem liberdade, ela descobriu uma força para lutar contra todos pela primeira vez — e para obter um futuro com o único garoto que ela pensou que fosse perder para sempre.
Estilhaça-me traz a estreia da autora Tahereh Mafi, com sua escrita bem diferente, Mafi traz uma narrativa em que os pensamentos de Juliette literalmente ganham vida no papel através de seus riscos.


No inicio estranhei a repetição de tantos pensamentos, que as vezes me irritaram, mas nada que prejudique a obra. A história como um todo é bem envolvente, e o final do livro, te faz passar em uma livraria para saber a continuação.

O livro é narrado pelo ponto de vista da protagonista Juliette. A história se passa em um futuro onde o mundo estar em completo caos, e nesse contexto, Juliette é apresentada ao leitor dentro de uma prisão, o que faz com que de inicio não tenhamos noção do que se passa realmente fora de sua cela.

Juliette não é uma pessoa “normal”, ela é considerada uma ameaça pelo fato do seu toque ser mortal (Ok! Ok! Lembra a Vampira do X-Men, eu sei, afinal a autora se baseou nessa personagem para fazer o seu romance), e é por isso que Juliette está trancada por meses, completamente sozinha, sem falar ou ver alguém.

Quero livrar-me desta pele que pode matar e destas mãos que destroem e deste corpo que não sei sequer como compreender. Tudo está desmoronando.

Até que reencontra Adam, que para mim, é a luz em meio à escuridão que Juliette sente estar, Adam é aquele personagem que te cativa e te traz confiança, ele tem sua agressividade e ao mesmo tempo, é capaz de morrer por Juliete.

- Adam - Tento rir e meus lábios erram em um soluço abafado. - Reconheceria seus olhos em qualquer lugar do mundo.

A presença de Adam, faz com que os medos e as inseguranças de Juliette cresçam tão rápido que às vezes chega a levá-la ao desespero. Mas o convívio, mesmo que difícil no inicio, faz os dois se aproximarem, e juntos tentam salvar as suas vidas, inclusive do domínio de Warner.

Warner tem em Juliette "com seu toque letal", uma poderosa arma contra os seus inimigos, e tentará usá-la a favor do Restabelecimento. Na verdade, não consegui compreender o que realmente Warner espera, espero que seja explicado mais a frente.

O livro traz romance, algumas cenas de ação e muitas lembranças de X-Men. No decorrer, passamos a entender mais Juliette e conhecer parte do seu mundo, descobrindo que Juliette não está sozinha com sua diferença, e junto com ela, passamos pelo seu amadurecimento que é perceptível ao longo do livro.

As coisas estão mudando, mas desta vez não estou com medo. Desta vez eu sei quem eu sou.

Mafi consegue prender a atenção do público e nos deixa com gostinho de quero mais, muitas vezes causando tensão em nosso corpo. A história é envolvente. Entra naquela lista dos livros que você inicia e não quer deixar até terminar.

Como primeiras impressões, a trilogia tem tudo para dar certo, mas vamos esperar pelos próximos capítulos ;)

Bjim e não esqueçam de dar as suas opiniões sobre esse livro.

6 comentários

  1. Oiii te indiquei para o selo The Versatile Blogger Award lá no blog dá uma olhadinha
    http://booknivoro.blogspot.com.br/2013/10/selo-versatile-blogger-award.html

    ResponderExcluir
  2. Uau!!! Já pensou ter esse "poder" letal?
    Adorei a resenha, fez com que o livro entrasse pra lista dos meus interesses :)

    Beijos
    Débora - Clube das 6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensou Débora!

      Tenho certeza que irá gostar da leitura.

      Bjim!

      Excluir
  3. Quero muito muito lê-lo! Acho até que não vou esperar para comprar o livro físico e vou ler em ebook mesmo *-* hahahaha Adorei a resenha Tammy!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Danni,

      O livro é bem legal e te prende a história. Você não vai se decepcionar.

      Bjim!!!

      Excluir